Decisões

0 Comments

untitled

 

Nossa vida se desenrola numa série de encruzilhadas diante das quais precisamos fazer opções. Aí é que aparece este impulso de autodeterminação pessoal chamado liberdade. Nele pode estar toda a nossa grandeza, se acertarmos, ou a nossa miséria, se errarmos.

Seus fracassos e decepções estão todos no passado.

Eles nada têm a ver com o que você deseja conquistar a partir de hoje. Só o homem que chegou ao ponto mais alto da árvore da vida é capaz de decidir.

Você começa cada dia como uma folha em branco. Cada momento é uma oportunidade de começar a transformar seus sonhos em realidade.

O que já passou não importa mais. Sim, o passado trouxe você até aqui. Mas agora seu caminho se divide em infinitas direções e você pode escolher qual delas deve seguir.

Aprenda com o passado e deixe-o para trás. Desejar que tivesse sido diferente é perda de tempo e energia. Continuar convivendo com as limitações do passado é desperdiçar o enorme potencial da sua vida.

Seu passado não define quem você é ou o que você pode conquistar. E quem decide isso é você.

“É mais fácil atirar ped

Compartilhe:

Felicidade!

0 Comments

untitled

 

Quem é feliz não conta, não espalha, não grita aos quatro cantos.

Quem é feliz, satisfaze-se por ser.

E sabe que felicidade anda colada na inveja.

Quem é feliz não precisa provar nada, simplesmente é.

As pessoas felizes demais nunca me passaram confiança. Essa coisa de que a vida é uma festa e não existe nada errado, não me brilha aos olhos.

Feliz é quem conhece o lado ruim e o respeita.

Feliz é quem já foi infeliz.

Somente quem já foi infeliz pode entender que a tristeza traz um punhado muito bom de aprendizados.

Felicidade não é sobre quem grita mais alto; é sobre quem sorri mais fundo.

Compartilhe:

Ingredientes do Êxito

0 Comments

imagesI1WO6NNX

 

O êxito espera por você.

Saliente qualidades e esqueça defeitos.

Desenvolva seus recursos de simpatia e evite qualquer impulso de agressão. Enriqueça seu vocabulário com boas palavras.

Aprendendo a escutar, você saberá compreender.
A melhor maneira de extinguir o mal será substituí-lo com o bem.

Viva o presente, agindo e servindo com fé e alegria sem afligir-se pelo o futuro, porque, para viver amanhã, você precisará viver hoje.

Habitue-se a sorrir.

Não permita que a dificuldade lhe abra porta ao desânimo porque a dificuldade é o meio que a vida se vale para melhorar-nos em habilitação e resistência.

Nunca desconsidere o valor da sua dose de solidão, a fim de aproveitá-la em meditação e reajuste das próprias forças.

Observe, todo o tempo é tempo de DEUS para restaurar e corrigir, começar e recomeçar.

 

Compartilhe:

Não Olhe Para Fora

0 Comments

images

 

Sua vida não está lá fora, não depende do que você ouve, mas do que está na sua consciência.

O mundo dos outros não é o seu mundo.

Quando olhar à sua volta e só enxergar problemas, busque sua verdade interior, trabalhe os valores que já construiu e a sua sintonia com Deus.

Expresse o melhor de você, pois o mundo é o resultado do que irradiamos e manifestamos.

Pare então de olhar só para fora e de se impressionar com a propaganda, com que os outros dizem sobre atualização, libertação ou modismos. Olhe demoradamente sua consciência, sua harmonia interna. indague-se, faça silêncio para que a verdade brote natural.

O esforço próprio é a mola do verdadeiro crescimento humano, é nele que está o germe da vitória. Não creia nunca no sucesso fácil, na vitória sem luta.

 

Compartilhe:

Estacas Mentais

0 Comments

imagesVS1NXU29

 

Uma caravana de camelos atravessava o deserto.

Chegou a hora do descanso e o cameleiro preparava-se como habitualmente para prender os camelos às estacas quando verificou que faltava uma estaca.

Não sabendo como resolver o problema, perguntou ao mestre da caravana:
- Mestre, falta-me uma estaca para um camelo. Como fazer?
- Não tenhas problema. Eles estão tão habituados a ficar presos que se tu fingires que o atas com a corda, ele pensará que está preso e nem sequer tentará sair do sitio.

O cameleiro assim fez e o camelo ali ficou toda a noite.

No dia seguinte quando se preparavam para partir esse camelo simplesmente recusou-se a sair do sítio, mesmo quando o cameleiro o puxava com toda a força. Sem saber que atitude tomar, dirigiu-se de novo ao mestre contando-lhe o sucedido.

- Homem, respondeu-lhe o mestre. Que fizeste ontem? Não fingiste que o ataste à estaca? Então faz o mesmo hoje. Finge que o desamarras. O camelo, mal o cameleiro fingiu que o desatava da estaca imaginária, recomeçou a caminhada.

Moral da história:
Muitas vezes não avançamos devido às nossas “estacas mentais”.

É o desconforto da acomodação.

Compartilhe:

Acumule Apenas o Amor

0 Comments

untitled

 

Quanto vale o seu patrimônio?
Anos de trabalho suado?
Incontáveis férias sem sair de casa?
Intermináveis noites sem dormir?
Admiro as pessoas que trabalham duro pra vencer na vida.
Mas desconfio de quem abre mão da própria vida pra acumular coisas.
Eu disse acumular…
Que é diferente de ter.
Porque muita gente, em vez de possuir, é possuída.…
Não importa o valor ou o tamanho do seu patrimônio.
Se você construiu, usufrua!
Passar a vida acumulando bens sem tirar proveito, transforma a sua passagem por aqui numa coisa morna e sem graça… .
Tenha você o que tiver, use, compartilhe, divida com quem ama…
Ninguém leva nada pro túmulo.
Se quiser acumular alguma coisa, que seja amor.
Isso, sim, é bem que vale a pena preservar com cuidado…

Compartilhe:

Gerênciando a Tensão

0 Comments

imagesXJRDO1HR

 

Um conferencista falava sobre gerenciamento da tensão. Levantou um copo com água e perguntou à plateia:

- Quanto vocês acham que pesa este copo de água?

As respostas variaram entre 20 g e 500 g.

O conferencista, então, comentou:

- Não importa o peso absoluto.

Depende de quanto tempo vou segurá-lo. Se o seguro por um minuto, tudo bem. Se o seguro durante uma hora, terei dor no braço. Se o seguro durante um dia inteiro, você terá que chamar uma ambulância para mim.

O peso é exatamente o mesmo, mas quanto mais tempo passo segurando-o, mais pesado vai ficando. Se carregarmos nossos pesos o tempo todo, mais cedo ou mais tarde não seremos mais capazes de continuar, pois a carga vai se tornando cada vez mais pesada.

É preciso largar o copo e descansar um pouco antes de segurá-lo novamente. Temos que deixar a carga de lado, periodicamente. Isto alivia e nos torna capazes de continuar. Portanto, antes de você voltar para casa, deixe o peso do trabalho num canto.

Não o carregue para casa. Você poderá recolhê-lo amanhã. A vida é curta, aproveite-a!

Compartilhe:

Seus Objetivos

0 Comments

untitled

 

A pessoa que não tem um objetivo claro, que não sabe para onde está indo, e que alimenta pensamentos negativos, dificilmente conhecerá o sucesso.

A falta de objetividade causa preocupação, medo, ansiedade, insegurança, frustração.

Portanto, se você deseja o sucesso, tenha metas claras. A história da humanidade é cheia devidas desperdiçadas.

Amores que não geram relações enriquecedoras, talentos que não levam a carreiras de sucesso etc.

Somos aquilo que plantamos em nossa mente, daí não podemos esperar alcançar a vitória se não a construímos primeiro em nosso pensamento.

Compartilhe:

Simplicidade

0 Comments

untitled

 

As coisas simples são as mais poderosas. Qualquer um pode sugerir uma solução complicada para um problema. O verdadeiro gênio é capaz de encontrar uma solução simples e elegante.

Para adquirirmos a aptidão para a simplicidade, devemos experimentar a vida de forma direta. Devemos procurar o verdadeiro sentido das coisas, e não complexos significados ocultos.

Para podermos experimentar o sereno poder da simplicidade, devemos aquietar a ira, a inveja, o remorso, a preocupação e a decepção.

A simplicidade vive na beleza e na honestidade. A simplicidade pode envolver o mundo inteiro sem ser consumida por ele.

Aceite as coisas como elas são e você alcançará o poder da simplicidade.

Compartilhe:

Feijões ou Problemas

1 Comment

imagesOY08OGYD

 

um monge, próximo da idade para se aposentar, precisava encontrar um sucessor.

Entre seus discípulos, dois já haviam dado mostras de que eram os mais aptos, mas apenas um poderia sucedê-lo.

Para sanar as dúvidas, o mestre lançou um desafio para colocar a sabedoria dos dois à prova.

Ambos receberam alguns grãos de feijão que deveriam colocar dentro dos sapatos, para então empreenderem a subida de uma grande montanha.

Dia e hora marcados, começa a prova.

Nos primeiros quilômetros, um dos discípulos começou a mancar.

No meio da subida, parou e tirou os sapatos.

As bolhas em seus pés já sangravam causando-lhe imensa dor.

Por causa disso ficou para trás, observando seu oponente sumir de vista.

Prova encerrada, todos voltam ao pé da montanha para ouvirem do monge o óbvio anúncio.

Após o festejo, o derrotado aproxima-se e pergunta ao seu oponente como é que ele havia conseguido subir e descer com os feijões nos sapatos:

- Antes de colocá-los no sapato, eu os cozinhei – foi a resposta.

Carregando feijões ou problemas, há sempre um jeito mais fácil de levar a vida.

Problemas são inevitáveis. Já a duração do sofrimento é você quem determina…

Compartilhe: